Comunicado de imprensa sobre a situação dos defensores dos direitos humanos na República Democrática do Congo

    ​Banjul, 14 de Setembro de 2010

    •     O Relator Especial da Comissão Africana dos Direitos Humanos e dos Povos (CADHP) para os Defensores dos Direitos Humanos em África, o Sr. Mohamed Béhir Khalfallah, manifesta a sua profunda preocupação após as informações recebidas sobre o rapto e os abusos  sobre defensores dos direitos humanos.
    •     Segundo informações recebidas pela CADHP, Sylvester Bwire Kyah, Presidente da sociedade civil no território Masisi, foi sequestrado a 24 de Agosto de 2010, após a elaboração e assinatura de uma carta aberta ao Presidente congolês Joseph Kabila, a 30 de Julho de 2010. A carta aberta solicitava alegadamente o afastamento de todos os membros das unidades do exército e da polícia formados por ex-membros de grupos armados recentemente integrados no exército congolês e na polícia no território Masisi. Ele foi alegadamente encontrado a 30 de Agosto de 2010 perto de Sake, trinta milhas a oeste de Goma.
    •     As informações recebidas pela CADHP demonstram que o Sr. Bwire estava visivelmente fraco, com o rosto inchado, os braços com marcas de uma corda com a qual ele estava, aparentemente, amarrado durante a sua detenção.
    •     A contínua deterioração da situação dos defensores dos direitos humanos no Congo levanta sérias preocupações, à medida que a CADHP recebe informações sobre assassinatos de jornalistas e líderes de associações dos direitos humanos - incluindo Bruno Koko Cirambiza Didace Namujimbo, Maheshe e Kabungulu Pascal Kibembi.
    •     A CADHP está alarmada com o facto de que os que cometeram crimes ainda permanecem impunes, não só por causa da vontade política, mas também pelo facto do Ministério Público e os Procuradores Militares se terem abstido de ordenar a abertura de uma investigação vigorosa e imparcial.
    •     O Relator Especial exorta às autoridades congolesas a pôr fim à impunidade dos autores de crimes contra defensores dos direitos humanos. As autoridades governamentais devem assumir a sua responsabilidade de protegê-los, garantindo a sua integridade física e psicológica, de acordo com os compromissos assumidos pela República Democrática do Congo em diversas convenções e tratados que ratificou.
    •     O Relator Especial relembra também o seu comunicado de imprensa em Junho de 2010 relativo ao caso da morte do Sr. Floribert Chebeya Bahizire. Apela ao Governo da RDC para manter a Comunidade Internacional informada sobre o andamento da investigação.
    •     O Relator Especial recorda o Governo da RDC da sua obrigação de investigar pronta, total e imparcialmente sobre o rapto e os maus tratos do Sr. Sylvester Bwire Kyah. Exorta o Governo da RDC a condenar publicamente este acto, e a identificar os responsáveis ​​para trazê-los à justiça.

      Propriedades

      Data: 14 Setembro 2010

      Links


      Traduzir página

      Contacte-nos

      • 31 Bijilo Annex Layout, Kombo North District
      • Western Region P.O. Box 673 Banjul
      • The Gambia
      • Tel: (220) 441 05 05, 441 05 06
      • Fax: (220) 441 05 04
      • E-mail: au-banjul@africa-union.org

      ACHPR Newsletter

      Subscribe to receive news about activities, sessions and events.
      © 2014 African Commission on Human and Peoples' Rights